Copinha Tamarana de Futsal está com inscrições abertas

Já começou o calendário esportivo do município em 2018: estão abertas as inscrições gratuitas na Copinha Tamarana de Futsal, que terá as categorias masculinas sub-9, sub-13 e sub-15. A bola irá rolar a partir das 19h do dia 17 de fevereiro. Os jogos serão na quadra do Centro Social da cidade. A garotada pode inscrever seus times até na véspera do início do torneio. A organização é da Diretoria municipal de Esportes.

FUTSAL 002

As crianças que já treinam no Projeto Desenvolver e Aprender – realizado de forma voluntária em Tamarana pelo professor de Educação Física Antonio Marcos da Silva – devem inscrever suas equipes diretamente com o docente. Quem não participa da iniciativa tem de procurar o diretor de Esportes, Juninho Bittencourt, por meio dos telefones 9 9992-0609 / 3398-1990, ou na Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (Rua Ubaldino de Sá Bittencourt, 238).

De acordo com o diretor, a competição também poderá despertar o interesse de mais meninos e meninas pelo Projeto Desenvolver e Aprender, que começou em Tamarana durante novembro do último ano. “A procura pela escolinha foi boa e, com o campeonato, mais crianças podem ser incentivadas a participar das aulas”, afirmou Juninho Bittencourt. “Quero pedir aos pais dos garotos que nos ajudem a fazer um campeonato bem bacana”, complementou ele.

Anúncios

Construção de novo CMEI em Tamarana está em ritmo acelerado

O prefeito de Tamarana, Beto Siena, e os secretários de Obras, Antonio Manoel Gonçalves (Pombo), e de Educação, Maisa Nakata, vistoriaram nesta quarta-feira (17) a obra de um novo Centro Municipal de Educação Infantil que será instalado entre o Conjunto das Flores e o Jardim Europa. Servidores da Educação e o presidente da Câmara de Vereadores, Tega Fabiano, também participaram da visita.

CMEI TAMARANA - 001.JPG

A construção tem término previsto para maio deste ano. O prédio irá custar R$ 1.267.584,71. Os recursos vêm do Ministério da Educação, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A Prefeitura de Tamarana é responsável por uma contrapartida de R$ 183.649,74. A aquisição de mobiliário (R$ 138.651,74) e brinquedos (R$ 19.937,56) também será feita através do FNDE.

“É uma obra que vem ao encontro do anseio da população, porque a demanda pela educação infantil tem crescido cada vez mais”, comentou o prefeito de Tamarana, Beto Siena, que também agradeceu ao deputado federal Alex Canziani por ter intermediado a vinda da unidade para a cidade. “Fiquei surpresa porque, mesmo com as chuvas, houve uma grande evolução da obra”, destacou a secretária de Educação do município, Maisa Nakata.

O trabalho é executado pela Nova Construtora, que atualmente mantém sete trabalhadores no local. O coordenador de Obras da empresa, Andreyl Zandonadi, informou que, se os repasses do governo federal continuarem em dia, a construção seguirá em ritmo célere. “A chuva tem atrapalhado um pouco, mas agora a obra está entrando na fase final, que é de acabamento e limpeza. Em [um prazo de] 30 a 45 dias, pretendo começar a pintura externa”, projetou ele.

CMEI TAMARANA - 002.JPG

O contrato com a empreiteira foi assinado em maio de 2016, porém, de acordo com o próprio coordenador de Obras, foi a partir de 2017 que a iniciativa ingressou no ritmo adequado, já que, anteriormente, o sistema do FNDE não era alimentado como deveria e, por isso, havia atraso na liberação de verbas por parte do governo federal. “Quando o Beto assumiu [como prefeito de Tamarana], a obra mudou completamente e começou a ter um bom andamento”, afirmou Andreyl Zandonadi.

Serão seis salas de aula na unidade, com capacidade para atender até 188 alunos de zero a cinco anos em turnos parciais ou 94 em período integral. Conforme a secretária de Educação, o novo CMEI dará conta da maior parte da demanda dos munícipes por vagas na educação infantil – principalmente em relação ao público formado por crianças de quatro e cinco anos. Pela estimativa da secretaria, as atividades têm início a partir de 2019.

004.JPG

Volta às aulas – Enquanto isso, a Educação se prepara para a volta às aulas na rede municipal de ensino de Tamarana, que está marcada para cinco de fevereiro. “Já estamos trabalhando intensamente na secretaria desde o dia oito de janeiro, porque temos vários projetos para desenvolver no município”, contou Maisa Nakata.

As secretarias das escolas reiniciarão suas atividades em 22 de janeiro. Já os professores retornarão ao trabalho uma semana depois, no dia 29. “Na volta às aulas, o transporte escolar já vai estar correndo normalmente. Nessas primeiras semanas, temos feito a manutenção nos ônibus do município para oferecer um transporte de ainda melhor qualidade e segurança para os estudantes de Tamarana”, assegurou a secretária de Educação.

Tamarana tem nova ambulância para o transporte de urgência

O ano começou com ambulância nova para atender os usuários da Saúde de Tamarana. Trata-se de uma Renault Master modelo 2017/2018 repassada ao município pelo Governo do Paraná. O veículo foi emplacado na última quinta-feira (11) e já está à disposição dos tamaranenses. Foram investidos R$ 129 mil na ambulância, dos quais R$ 120 mil vieram do Executivo estadual e R$ 9 mil foram pagos como contrapartida pela Prefeitura de Tamarana.

NOVA AMBULÂNCIA - 001.JPG

“Essa ambulância vai ter como prioridade o transporte de urgência. É uma grande aquisição para atender da melhor forma os pacientes em situação de risco”, declarou a secretária de Saúde do município, Dalva Siena. Com a chegada do novo veículo, a frota da Saúde passou a contar com quatro ambulâncias de grande porte e duas de pequeno porte.

De acordo com o prefeito de Tamarana, Beto Siena, a aquisição de automóveis para as demandas da Secretaria de Saúde é uma das metas da atual administração. “Estamos trabalhando para renovar a frota da Saúde. O governo do estado mais uma vez foi parceiro de Tamarana e mandou essa ambulância para a cidade. Fica o nosso agradecimento ao governador Beto Richa e ao deputado estadual Tiago Amaral, que intermediou a vinda da ambulância”, afirmou Beto.

NOVA AMBULÂNCIA - 002.JPG

Os próximos veículos que irão chegar para a Saúde local serão duas vans. Elas transportarão os tamaranenses para consultas e exames em outros centros. Uma delas atenderá a comunidade do Assentamento Água da Prata, o Incrão. A outra ficará à disposição dos moradores da zona urbana. Conforme a secretária de Saúde, as vans, que também serão repassados pelo Governo do Paraná, devem ser adquiridas em meados de março deste ano.

Samu – Dalva Siena esclareceu que a secretaria tem trabalhado para que Tamarana receba uma nova ambulância do Samu, já que, conforme laudo técnico da oficina contratada pelo município para fazer o possível reparo, a relação custo-benefício não justificaria mais um conserto na atual viatura, pois, entre outros fatores, não seria possível dar garantia pelo serviço.

“Estamos em busca de uma nova ambulância para o Samu. Esperamos que o Ministério da Saúde libere viaturas para todo o Brasil, porque não é só Tamarana que está nessa situação. Muitos municípios da 17º Regional de Saúde estão com a maioria da frota do Samu baixada”, exemplificou Dalva, que explicou ainda que, apesar da condição em que se encontra a ambulância do Samu, não há prejuízo no atendimento aos casos de urgência e emergência em Tamarana.

Concurso para procurador jurídico tem mais de 100 inscritos

O concurso público aberto em dezembro pela Prefeitura de Tamarana para contratar um procurador jurídico para o município teve 117 inscritos. A lista com as inscrições deferidas foi publicada nesta sexta-feira (12) na página do Instituto UniFil – que é responsável pela realização do certame –, no endereço eletrônico da prefeitura e também na edição 955 do Jornal Oficial do Município.

CONCURSO PÚBLICO 002.jpg

Candidatos com inscrição indeferida têm do dia 15 a 17 de janeiro para ingressar com recurso na própria página do Instituto UniFil, por meio do ambiente virtual reservado aos candidatos.

A avaliação está dividida em três fases: prova objetiva, prova prática processual e prova de títulos. As duas primeiras estão previstas para serem aplicadas em 18 de fevereiro, sendo que os locais de prova serão divulgados em 26 de janeiro.

O cargo de procurador jurídico tem jornada de 20 horas semanais. A remuneração é de R$ 2.486,10. O concurso público é válido por dois anos – e pode ser renovado pelo mesmo período.

Secretaria de Agricultura segue à disposição para auxiliar produtores na migração para nota eletrônica

Embora o prazo para que os produtores rurais do Paraná passem a emitir nota fiscal eletrônica para as operações realizadas com outros estados tenha sido adiado de 1º de janeiro de 2018 para 1º de janeiro de 2019, a Secretaria de Agricultura de Tamarana segue à disposição dos agricultores do município para auxiliá-los durante o processo de migração. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, no setor de Produtor Rural (Rua Albino Lovo, 85, Centro). O telefone para mais informações é o 3398-1972. O contato via e-mail pode ser feito no endereço notaprodutor@tamarana.pr.gov.br

COMPUTADOR

A prorrogação foi anunciada pela Receita Estadual do Paraná no último dia 20. Com isso, as notas fiscais em papel ainda serão aceitas em operações interestaduais até 31 de dezembro de 2018.

Para se adequar ao novo procedimento, o agricultor deve se cadastrar por meio da página da Secretaria da Fazenda do Paraná. A partir dali, o usuário poderá ingressar em um ambiente virtual cujo acesso ocorre mediante uso de chave e senha. Com a Nota Fiscal de Produtor eletrônica (NFP-e), não será mais preciso retirar as notas na secretaria, pois o documento poderá ser gerado a partir de qualquer computador com internet e impressora.

CAR adiado – Também foi adiado de 31 de dezembro de 2017 para 31 de maio de 2018 o prazo para que os proprietários rurais façam o Cadastro Ambiental Rural (CAR). A medida foi tomada por meio de decreto do presidente Michel Temer publicado no último dia 29. O CAR é obrigatório para todos os imóveis rurais do Brasil e, ao ser realizado, pode, entre outros aspectos, garantir acesso a benefícios e compensações para propriedades que possuem excedente de vegetação nativa ou cotas de reserva ambiental.

Pequenos agricultores de Tamarana recebem recursos para ações produtivas

O ano de 2018 começa de outra maneira para 10 famílias de pequenos agricultores de Tamarana que, no fim do último mês, receberam de R$ 2 mil a R$ 3 mil para investirem em ações produtivas – agrícolas ou não – que serão definidas pelos próprios produtores. Os recursos são do Projeto Renda Família Paranaense – Agricultor Familiar, que é ligado ao Programa Família Paranaense, do governo estadual.

001

Em Tamarana, a iniciativa foi possível graças à parceria entre a Emater, Secretaria municipal de Agricultura e o Centro de Referência de Assistência Social (Cras). As famílias beneficiadas pela medida estão em situação de vulnerabilidade social e, por isso, fazem parte do Cadastro Único do governo federal. Para 2018, mais 50 famílias devem ser contempladas com os recursos.

002.jpg

O projeto Renda Família Paranaense – Agricultor Familiar tem como objetivo reconhecer e valorizar a agricultura familiar por meio de ações que, entre outros aspectos, possibilitem a inclusão produtiva por meio desenvolvimento de atividade econômica, ajudando as famílias a superar a situação de vulnerabilidade.

Unidades básicas de saúde de Tamarana têm novo horário de atendimento

As unidades básicas de saúde Plínio Pereira de Araújo (Centro) e Padre Carmel Bezzina (Jardim Juny), em Tamarana, passaram a abrir em novo horário: às 8h.

UBS PLÍNIO PEREIRA DE ARAÚJO.jpg

A medida, que começou a valer nesta quarta-feira (3), foi tomada pela Secretaria de Saúde do município para agilizar o atendimento aos usuários das UBS, já que as consultas médicas começam das 8h em diante.

Antes da mudança, a unidade do Centro abria as portas às 7h. No Juny, o antigo horário era às 7h30. O horário de fechamento de ambas continua o mesmo, às 17h.

UBS PADRE CARMEL BEZZINA.JPG

Além disso, as consultas médicas das duas unidades já têm sido realizadas de nova maneira: o atendimento passou a ser prestado na hora marcada. Assim, os usuários precisam estar na UBS apenas 30 minutos antes da consulta agendada.

As duas unidades ficam abertas de segunda a sexta-feira. O telefone da UBS do Centro para mais informações é o 3398-1983. No Jardim Juny, o número é o 3398-1987.

Em tarde festiva, crianças da Casa Lar recebem presentes de equipe da Cresol

O mês de dezembro foi movimentado na Casa de Lar de Tamarana. Depois da visita do Papai Noel dos Correios, foi a vez de a equipe da Cresol de Tamarana passar por lá no último dia 20 para entregar brinquedos, roupas e calçados para as 11 crianças e adolescentes da unidade. Também houve um lanche da tarde oferecido aos pequenos e aos profissionais do local.

001

A analista de negócios da Cresol em Tamarana, Silmara Vilela Serra, contou que a experiência vivida na Casa Lar marcou todo o grupo. “Foi encantador. Ver cada olhinho brilhando ao receber seu presente foi, sem dúvida, o melhor presente para nós. Juntamente com nossos cooperados, agradecemos pela oportunidade de ter participado deste momento de amor, cooperação e solidariedade”.

003.jpg

Já a coordenadora da Casa Lar, Daniela Barbino Basbasque, destacou que, mais uma vez, a unidade pôde oferecer algo diferenciado para a garotada por meio de um parceiro local. “Enquanto coordenadora da Casa Lar, fico muito feliz com essa nova parceria. Estou muito grata, porque, como diz a própria logo da Cresol, ‘juntos somos fortes’”, afirmou ela.

Dias de chuva e calor: atenção redobrada para focos do mosquito da dengue

Chuvas têm caído diariamente em Tamarana e grande parte do Paraná já desde a última semana. Além disso, conforme o Instituto Simepar, deve chover no município ao menos até a virada do ano. Em seguida, já na primeira semana de janeiro, a previsão é de temperaturas altas, acima da casa dos 30°C.

E, com o tempo nessas condições, o Aedes aegypti pode encontrar o ambiente propício para se reproduzir. Por isso, autoridades da Saúde de Tamarana e toda a região estão preocupadas com o risco de proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya nesta época do ano.

O tema esteve em pauta durante reunião de integrantes da Vigilância Sanitária e do setor de Endemias do município com demais membros da administração municipal e representantes da comunidade. O encontro ocorreu na última quinta-feira (21), na sala de reuniões da Secretaria de Agricultura de Tamarana.

001.JPG

Foi consenso no grupo: todos precisam redobrar os cuidados para evitar o surgimento de criadouros do Aedes. As ações são simples. Um exemplo disso é que o último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), realizado em novembro, constatou que os principais locais com larvas do bicho em Tamarana estavam em pontos de fácil limpeza, como vasos e recipientes de degelo de geladeiras.

Além disso, de acordo com a Vigilância Sanitária de Tamarana, empresas da cidade instaladas em áreas que podem propiciar o surgimento do mosquito terão de apresentar o Plano de Gerenciamento para Prevenção e Controle da Dengue quando requisitarem a renovação da licença sanitária em 2018. A medida está amparada em uma resolução da Secretaria da Saúde do Paraná. O documento é simples, não tem custo algum e pode ser encontrado aqui. A Vigilância Sanitária também está à disposição para prestar esclarecimentos sobre o plano. O órgão fica no Centro de Especialidades (Rua Evaristo Camargo, 245) e atende no 3398-1982.

Duplicação da PR-445 até Irerê deve começar no primeiro semestre de 2018

Será realizada no dia 29 de janeiro a licitação para definir a empresa que fará a duplicação do trecho da PR-445 que vai de Londrina até o distrito de Irerê. O edital da obra já foi lançado pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná na última semana. Além disso, na quinta-feira (21), uma audiência pública promovida por representantes do DER detalhou o projeto para lideranças políticas, comunitárias e empresariais de Londrina e região.

001.JPG

O vice-prefeito de Tamarana, Sérgio Nakata, marcou presença no encontro ocorrido no auditório do Iapar. Além dele, o vereador Hector Siena e a presidente eleita da Associação Comercial e Industrial de Tamarana (Acit), Anice Al Chaar, representaram a cidade na ocasião.

Para Nakata, embora a duplicação da rodovia até Tamarana ainda não tenha se concretizado, a iniciativa do Executivo estadual em lançar a licitação já é um indicativo positivo. “A duplicação até Irerê é um grande avanço e vai ser bem importante para Tamarana. Houve muito debate sobre ter ou não pedágios nesse trecho e, por isso, o pessoal do DER deixou claro que tudo vai ser feito com recursos próprios do governo do estado, sem a participação de concessionárias de pedágio”, afirmou o vice-prefeito.

A duplicação do trecho de 15,2 quilômetros entre Londrina e Irerê está orçada em mais de R$ 135 milhões e tem início previsto para o primeiro semestre de 2018, com prazo de conclusão estimado em dois anos. O projeto também contempla a construção de 12 obras de artes especiais, entre trincheiras e viadutos, além do alargamento das pontes do trajeto.

002

O trânsito nesse segmento da rodovia é bastante intenso. De acordo com o DER, são 11.123 veículos por dia. Um dos principais objetivos do departamento ao lançar a obra é reduzir o alto número de acidentes registrados na via.